Jornal da Cidade Arujá

Jornal da Cidade Arujá

 

Durante a campanha eleitoral de 2018, surgiu em Arujá, um grupo bastante ativo de pessoas que se intitulam politicamente de direita no município, o “Direita VouVer Arujá”. Com a vitória de Jair Bolsonaro para a Presidência da República, o grupo se manteve unido e vem debatendo os temas defendidos no transcorrer da campanha, os quais estão sendo levados a efeito pelo Presidente, seus ministros, deputados, senadores e demais apoiadores.

Atuando em redes sociais, encontros e manifestações, os integrantes do “Direita VouVer Arujá, vem se fortalecendo. Neste sentido, alguns de seus representantes estiveram na Assembleia Legislativa de São Paulo, no dia 28 de junho, ocasião em que a Frente Parlamentar em Defesa do Cacs e tiro desportivo, com a liderança do deputado estadual Gil Diniz (PSL), debateu  e defendeu o Decreto do Presidente Jair Bolsonaro, assinado no dia 07 de maio de 2019, que beneficia colecionadores, atiradores desportivos e caçadores, os chamados CACs.

Entre as principais medidas do Decreto está a permissão para que esses grupos possam ir de casa ao lugar de treinamento (ou participar de competições) com as armas carregadas de munição, desde que tenham posse de seu certificado de Registro de Colecionador, Atirador e Caçador.

Segundo estudos do especialista em segurança pública, Bene Barbosa, que esteve presente no encontro, o porte e a posse de armas no Brasil, exatamente como ocorre em diversos países, entre eles o vizinho Uruguai, favorece a redução de homicídios. Por outro lado, não ser pode esquecer que o referendo das armas ocorrido no ano de 2005 (Governo do Partido dos Trabalhadores), com a pergunta:  “O comércio de armas de fogo e munição deve ser proibido no Brasil?”. Os eleitores puderam optar pela resposta “sim” ou “não”, pelo voto em branco ou pelo voto nulo. O resultado final foi de 59.109.265 votos respondendo “não”, ou seja, 63,94% dos votantes disseram que não deveria ser proibido o comércio e o porte de armas no país, enquanto 33.333.045 votaram pelo “sim” (36,06%). Portanto, a população optou justamente pelo direito de ter o porte e a posse de armas, mas, o governo não atendeu o desejo manifestado no referendo, adotando medida contrária. Assim, sem armas, a população de bem viu a criminalidade crescer de forma avassaladora, enquanto os marginais aumentaram seus arsenais com armas de grosso calibre promovendo mais de 62 mil homicídios por ano no país.

Ao falar com a reportagem, Sandro Ribeiro, um dos filiados do PSL em Arujá, falou sobre o trabalho que está sendo feito no município: “O atual foco do grupo é fortalecer o partido PSL em Arujá e com isso influenciar nas próximas eleições, principalmente no Poder Legislativo. Isso fará com que o município fique mais alinhado com as diretrizes do Governo Federal, construindo uma ponte de comunicação para trazer benfeitorias para a cidade. Sabemos que o ministro Paulo Guedes, braço direito do Presidente Bolsonaro, pretende descentralizar as arrecadações para fortalecer os municípios e o Poder Legislativo das cidades. Isso vai garantir uma melhor fiscalização e direcionamento dessas verbas para projetos de interesse da população criando muito mais autonomia e fortalecimento em todas as áreas”.

 

“Direita VouVer na Avenida Paulista

Outra novo encontro dos representantes do Grupo “Direita VouVer Arujá, ocorreu no domingo, 30 de junho quando se dirigiram a Avenida Paulista para manifestar apoio ao Ministro Sergio Moro e a Operação Lava Jato, e pela aprovação da reforma da Previdência elaborada pelo Ministro Paulo Guedes.

O Grupo se juntou a mais de um milhão de pessoas vestidos de verde amarelo que, em demonstração de respeito a democracia, na mais plena ordem e civismo, sem nenhum tipo de incidente, desfilaram suas bandeiras,  cantaram o Hino Nacional e bradaram pelas pautas propostas. 



Saiba o PASSO A PASSO exato para Posse de Arma de Fogo sem pagar despachantes,
sem advogados, sem curso de tiro e sem taxas adicionais

Confira!


-

Share this post


1
Estou no site Armas Online e preciso de sua ajuda.
Powered by